Sempre há um aluno que me fala: eu vou aprender um pouco de mandarim aqui no Brasil e depois um pouco lá na China. Este é o pensamento de muitos brasileiros que estão fazendo curso de idioma chinês, e não está errado, mas também existem alunos que já passaram pela China varias vezes e não obtiveram grande progresso. O problema não é lugar de estudo, mas sim o tempo que dedicam para isso. Muitos alunos conseguiram bons resultados no curso aqui em São Paulo. O motivo? Já sabemos: a disciplina! Talvez você discorde: mesmo que, lá na China se fale mandarim 24 horas e em qualquer lugar, o aluno ainda tem que se esforçar muito para poder se adaptar a esse ambiente e aprender bem chinês.

Se você quiser, aqui também tem 24 horas de língua chinesa: rádios on-line, filmes, bairros cheios de chineses e muitas escolas que ensinam mandarim. Ao lado deste texto que você está lendo há sites de rádio que funcionam 24 horas, filmes e músicas. Hoje em dia, os recursos não faltam, mas sim tempo. O famoso mestre chinês autor de “A Arte da Guerra”, Sun Zi, disse: “conhece aos teus inimigos e também a ti mesmo, e vencerás todas as batalhas”. A maioria dos alunos reconhecem a necessidade de aprender mandarim, mas quantos deles reconhecem a sua próprias condições?!

Anúncios