Muito tempo atrás, eu falei para os iniciantes que não se pode apegar-se à pronúncia, o pinyin, mesmo que seja mais fácil para alunos brasileiros no início do curso, porque isso é um caminho sem saída. Mais cedo ou mais tarde, eles vão voltar para o ponto de partida ou simplesmente desistirão se não quiserem aprender a escrita.

Hoje, na aula, um aluno me perguntou sobre dois períodos: “Votação é uma obrigação dos cidadãos”, e “Agora choveu e eu não tenho guarda-chuva, por isso sou obrigado a ficar na sala de aula”. A pergunta dele é, na tradução chinesa, se poderia usar “义务”(obrigação/obrigatório) nas duas sentenças em chinês como na língua portuguesa. Eu disse que não pode, porque estes dois conceitos, para os chineses, são diferentes. A primeira é “投票是公民的义务” e a outra seria “下雨了,我没伞,得呆在教室”. Aqui “义务” significa “obrigação”, e 得 significa  “tenho que”.

Existem outros casos em que a tradução direta não funciona porque os pensamentos são diferentes. Portanto, quando estiverem indo para níveis mais altos, os alunos precisam tomar mais cuidados sobre as diferenças culturais.

Anúncios