Como aprender mandarim?

Pagar um curso, ter um bom professor e bons materiais, mais tempo suficiente para estudar, pronto! O bom resultado virá. Será tão natural? Vamos assistir ao vídeo abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=rklZ3ZPoAtw

Se você entender tudo do vídeo, parabéns! Você já não precisa mais aprender mandarim. Mas qual é a sua reação se não for o caso?

“Não é possível, estou começando só, talvez daqui a dez anos vou chegar lá”, alguns podem dizer. “Que legal! Difícil é, mas é isso que eu preciso! Vou mudar um pouco do meu estudo contando com a ajuda do professor”, dizem outros.

Os fatores mencionados no início são importantes, mas falta mais um: agregar valor ao seu estudo! O que quer dizer isso? Você precisa ser ativo na aula. “ativo” quer dizer que você tem que pedir o que você quer, não só, passivamente, aceitar qualquer coisa dada pelo professor. Seja “agressivo” na aula.

Talvez você discorde: “Isso só vai acontecer com os alunos de nível avançado”. Não precisa ser assim! Mesmo um iniciante, aprendendo Pinyin, pode perguntar: “como fala investimento, finanças, seguro, crise financeira, contrato, … ?”, se ele trabalhar nessa área. Quando um aluno pode aprender não só conhecimento linguístico, mas também informações úteis, ele ficará muito animado. Meus alunos do avançado ficam felizes porque o conteúdo dos textos que eles estudaram é muito importante, em outras palavras, tem muito valor, para eles. Muitas vezes, as notícias em mandarim chegam mais rápido para eles do que as em português!

Em resumo, o idioma em si não é um fim, mas é um veículo para transportar informações e uma ferramenta de comunicação. Não esqueça acrescentar esse valor nas suas aulas!

 

Anúncios