Quando eu vi que cada vez mais alunos avançados estão começando a ter aulas de compreensão auditiva e de redação, e que mais alunos de nível iniciante, mesmo que esteja começando do zero, estão bem claros que eles irão fazer o teste HSK, e por isso todas as aulas estão voltadas para essa finalidade, a ideia de viagem veio à tona na minha mente.

Dentre os dois grupos de alunos, um deles está aproximando-se da chegada e o outro está dando os primeiros passos, ambos têm um destino bem determinado e eles vão chegar lá cedo ou tarde.

É uma pena que eles são a minoria dos inúmeros alunos que estão aprendendo mandarim. A maioria das pessoas só quer uma viagem confortável. Se a aprendizagem vai chegar a um ponto que o idioma possa ser utilizado no seu trabalho, não é muito importante para eles.

Como professor, é triste ver essa realidade. Mas na vida não profissional, eu sempre dou mais valor para o conforto da viagem e não me importo muito com onde estou viajando, por isso não posso julgar qual está certo e qual não está. É uma questão de escolha.

Anúncios